CBIE-2016 - SBIE
A- A A+

 

XXVII SBIE

Coordenadores:

Coordenador de Programa: André Raabe – UNIVALI - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Coordenador Local: Fabiano Dorça - UFU - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

O Simpósio Brasileiro de Informática na Educação (SBIE) é um evento anual promovido pela Comissão Especial de Informática na Educação (CEIE) da Sociedade Brasileira de Computação (SBC). Tem como objetivos divulgar a produção científica nacional nesta área e proporcionar um ambiente para a troca de experiências e ideias com empresários, profissionais, professores, estudantes e pesquisadores nacionais e estrangeiros. O SBIE é dirigido à comunidade de Informática na Educação e pesquisadores de áreas afins. O SBIE teve a sua primeira edição realizada em 1990 no Rio de Janeiro, tendo sido realizada anualmente. A partir de 2012 passou a ser o principal evento integrante do Congresso Brasileiro de Informática na Educação (CBIE). O SBIE prioriza trabalhos que apresentem contribuições relacionadas a produção de tecnologia voltada a Educação. Trabalhos com ênfase no uso de tecnologia devem ser direcionados ao Workshop de Informática na Escola (WIE) que também é um evento integrante do Congresso Brasileiro de Informática na Educação.

eventos

Programação geral SBIE

 

Submissão e Seleção

As submissões de artigos completos e resumidos para o SBIE 2016 devem ser realizadas no formato exclusivamente digital, em arquivos PDF, através do sistema JEMS. Como o processo de revisão será anônimo, os autores devem omitir quaisquer informações que possam identificá-los no artigo. Trabalhos que não seguirem esta recomendação serão automaticamente excluídos do processo de revisão. Todas as submissões devem, obrigatoriamente, seguir o modelo para publicação de artigos da (SBC). Algumas normas adicionais devem ser observadas:

  • os artigos completos deverão ter entre 08 (oito) e 10 (dez) páginas incluindo tabelas, figuras e referências bibliográficas;
  • os artigos resumidos deverão ter entre 04 (quatro) e 05 (cinco) páginas incluindo tabelas, figuras e referências bibliográficas;
  • os trabalhos submetidos não devem ter sido publicados anteriormente e nem estar em processo de avaliação ou edição para publicação em outro periódico;
  • cada artigo deverá ser submetido para apenas uma trilha. Os artigos que forem submetidos para mais de uma trilha serão imediatamente rejeitados.
  • na página de rosto do artigo não deverá constar nenhum tipo de identificação dos autores (os artigos que possuírem identificação serão imediatamente rejeitados);
  • caso o artigo seja aceito, os autores deverão incluir na versão final seus dados (nomes, filiações e e-mails, bem como demais informações necessárias ao artigo – ex., citações a outros trabalhos dos autores);
  • os trabalhos devem possuir uma seção que descreva a metodologia científica empregada no trabalho;
  • os trabalhos devem possuir uma seção de análise dos resultados, ressaltando as contribuições tecnológicas para o ensino/aprendizagem;
  • recomenda-se fortemente a referência a trabalhos publicados em edições da RBIE e/ou anais do WIE e SBIE, cujos acervos de artigos podem ser consultados livremente aqui ;
  • idioma: serão aceitos trabalhos em Português, Inglês ou Espanhol;
  • as submissões que não estiverem finalizadas (com os dados solicitados pelo JEMS e o arquivo correspondente devidamente carregado segundo as regras estabelecidas) serão imediatamente rejeitadas;
  • a seleção de trabalhos será realizada a partir da revisão por membros do comitê de programa do CBIE/SBIE. O processo de revisão será conduzido de forma anônima (blind review) e qualquer proposta será analisada por pelo menos dois revisores, com a arbitragem de um terceiro revisor em caso de necessidade.

 

Os artigos devem conter

  • uma visão geral sobre o tema com definição dos objetivos do trabalho e relevância da pesquisa;
  • a metodologia cientifica tais como procedimentos, estratégias, as técnicas e ferramentas, documentos, equipamentos, ambiente, dentre outros, incluindo, se for o caso, a metodologia estatística empregada;
  • descrição e discussão dos resultados obtidos.
  • a conclusão com base nos resultados, relacionando-os aos objetivos do trabalho.

O artigo que for aprovado será publicado nos anais do CBIE 2016, desde que, ao menos um autor efetive sua inscrição no evento.

submit button

Datas Importantes

  • Data limite para submissão de artigos: 14 de junho de 2016 até às 23h59min
  • Notificação de aceitação de artigos: 31 de julho EM BREVE
  • Data limite para envio das versões finais dos trabalhos aceitos: 14 de agosto de 2016
  • Data limite para inscrição de pelo menos um autor por trabalho: 15 de setembro de 2016

 

Trilhas (SBIE)

Trilha 1: Aspectos Tecnológicos e Metodológicos em Ambientes e Sistemas Computacionais para Ensino/Aprendizagem (plataformas, arquiteturas, dispositivos móveis, etc.)

Chair

Leônidas Brandão (USP) - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.">Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Esta trilha inclui os seguintes tópicos, sem estar limitada a eles

  • Tecnologia wireless, móvel e ubíqua em sistemas para ensino/aprendizagem
  • TV Digital Interativa
  • Plataformas abertas, código aberto, software livre e seus impactos, usos e metodologias na Educação
  • Padrões de desenvolvimento de ambientes e sistemas computacionais para ensino/aprendizagem
  • Métodos, padrões e repositórios digitais abertos de materiais educacionais
  • Hardware e plataformas para ensino/aprendizagem
  • Redes federadas de educação à distância
  • A escola do futuro e tecnologias da sala de aula do futuro
  • Métodos e processos de desenvolvimento de software educacional
  • Ambientes, metodologias e sistemas de autoria
  • Gerência de projetos de software educacional
  • Avaliação de software educacional
  • Engenharia de software aplicada à Educação

Trilha 2: Jogos, simulação, gamificação, meta-cognição e neurociência em Ambientes e Sistemas Computacionais para Ensino/Aprendizagem.

Chair

Sérgio Crespo (UFF) – Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.">Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Esta trilha inclui os seguintes tópicos, sem estar limitada a eles

  • Simuladores para apoiar o ensino/aprendizagem
  • Realidade virtual e aumentada na Educação
  • Ambientes tridimensionais para o ensino/aprendizagem
  • Análise, projeto, desenvolvimento e avaliação de jogos educativos
  • Análise da aprendizagem a partir de jogos
  • Gamificação
  • Robótica pedagógica
  • Desenvolvimento do cérebro e a aprendizagem
  • Estratégias para ensino e aprendizagem baseadas na Neurociência
  • Modelagem cognitiva e Educação

Trilha 3: Interação humano-computador, Inclusão e Acessibilidade em Ambientes e Sistemas Computacionais para Ensino/Aprendizagem

Chair

Alex Sandro Gomes (UFPE)– Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.">Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Esta trilha inclui os seguintes tópicos, sem estar limitada a eles

  • Design e desenvolvimento de interfaces com foco no ensino/aprendizagem
  • Adaptação e personalização de conteúdo para aprendizagem
  • Avaliação de interfaces de usuário para a aprendizagem
  • Sistemas de ensino/aprendizagem centrados no aprendiz
  • Avaliação da aprendizagem e suas interfaces com o ambiente de aprendizagem
  • Visualização de informação em sistemas para ensino/aprendizagem
  • Uso de dispositivos de hardware e software na educação especial e seus impactos
  • Ferramentas e fatores de acessibilidade em software educacional
  • Ambientes inclusivos e design universal em educação
  • Avaliação de acessibilidade em sistemas de ensino/aprendizagem
  • Diretrizes e recomendações de design para a acessibilidade de ambientes educacionais
  • Tecnologia assistiva em contextos de ensino/aprendizagem

Trilha 4: Inteligência em Ambientes e Sistemas Computacionais para Ensino/Aprendizagem (Inteligência Artificial, Sistemas Tutores Inteligentes, Web Semântica, Mineração de Dados)

Chair

Fabiano Dorça (UFU)– Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.">Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Esta trilha inclui os seguintes tópicos, sem estar limitada a eles

  • Tutoria inteligente e scaffolding
  • Sistemas educacionais baseados em ontologias, serviços web e agentes inteligentes
  • Sistemas adaptativos e personalização de ambientes para ensino/aprendizagem
  • Sistemas de gerência de conteúdo de aprendizagem
  • Mineração de dados, texto e web na Educação
  • Representação e análise de discurso durante aprendizagem
  • Manipulando incerteza e múltiplas perspectivas em ambiente educacional
  • Recuperação da informação para apoio ao ensino/aprendizagem
  • Modelos de aprendizes, facilitadores, tarefas e processos de resolução de problemas
  • Modelagem de contextos de aprendizagem
  • Padrões tecnológicos para conteúdos, portfólios, informação de aprendiz, competências
  • Aplicações educacionais e dados ligados
  • Uso de ontologias no ensino/aprendizagem
  • Aspectos sociais e afetivos em Ambientes e Sistemas Computacionais para Ensino/Aprendizagem

Trilha 5: CSCW como apoio ao Ensino/Aprendizagem

Chair

Lucia Giraffa (PUCRS) – Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.">Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Esta trilha inclui os seguintes tópicos, sem estar limitada a eles

  • Blogs, wikis, vídeo/audio-casts na educação
  • Sistemas colaborativos para educação
  • Sistemas para coordenação de atividades de ensino/aprendizagem
  • Comunidades virtuais em educação
  • Sistemas de suporte à avaliação colaborativa do ensino/aprendizagem
  • Colaboração através de mídias e redes sociais em educação
  • Modelos de grupos e comunidades de aprendizagem
  • Sistemas de comunicação no contexto educacional
  • Classificação (tagging) colaborativa e aprendizagem
  • Interação e compartilhamento em redes sociais na educação

**Premiados

Trilha1- Juiz Online no ensino de Programação Introdutória - Uma Revisao Sistemática da Literatura
Trilha2- Treinamento Odontológico Imersivo por meio de Realidade Virtual
Trilha3- GAIA: uma proposta de um guia de recomendações de acessibilidade de interfaces Web com foco em aspectos do Autismo
Trilha4- Reconhecimento Automático de Representações de Rúbricas em Agrupamentos de Soluções de Exercícios de Programação
Trilha5- Investigando o Impacto da Característica de Impulsividade na Aprendizagem Colaborativa com Suporte Computacional

Realização

rodape

Patrocínios

patrocinadores1

Apoio

cnpqfapemigcapes

Agência Organizadora

mara logo